sexta-feira, 14 de setembro de 2012

UFSM - Greve dos docentes chega ao fim na UFSM


Por 172 votos a 22, foi decidido em assembleia da Sedufsm na manhã desta sexta-feira (14) pelo fim da greve dos professores da UFSM. O movimento, que durou 107 dias, foi o mais longo período de paralisação na história da instituição.

 Dentre as reivindicações da categoria, estavam as melhorias nas condições de trabalho e de infraestrutura nas universidades e um novo plano de carreira para os docentes.

Com a retomada das atividades, a orientação para os alunos que não tiveram as atividades do primeiro semestre letivo encerradas é que retornem segunda-feira (17) às aulas normais. 

“É muito importante que as aulas recomecem na segunda-feira, para que o dia 17 já seja considerado como letivo”, ressalta o pró-reitor de Graduação, Orlando Fonseca. 
As coordenações dos cursos de graduação devem instruir os professores para a recuperação imediata das aulas do primeiro semestre. (adaptado)



 Notícia elaborada pela Coordenadoria de Comunicação Social. em 14/09/2012 - 16:09, por Repórter: Natascha Carvalho – Acadêmica de Jornalismo. Edição:Lucas Durr Missau. (


Nenhum comentário: