quinta-feira, 5 de maio de 2011

SIMULADO DE LINGUAGEM 2- com gabarito.



QUESTÕES

1. "Em termos estritamente objetivos, a cruz foi um dos métodos de execução mais populares entre os séculos 6 a.C. e 4 d.C. Era utilizada por romanos, persas e egípcios, entre outros povos ansiosos para livrar-se de seus criminosos. Se alguém ousasse  propor  que  as  paredes  de  nossos  tribunais  fossem  adornadas  por  forcas,  guilhotinas  ou  cadeiras  elétricas, provocaria a justa indignação de boa parte da opinião pública.
Ora, nós deixamos de ver a cruz como um instrumento de execução apenas e  justamente porque ela se  tornou _______ maior do cristianismo, caráter que  lhe é  indissociável." Hélio Schwartsman, 13/08/2009, "Crucifixos na berlinda".
Considerando que a cruz é um signo de tipo convencional, a expressão que melhor preenche a lacuna é
a) o argumento.
b) a premissa.
c) o enigma.
d) o símbolo.
e) o dogma.
R: D

2. Na Internet, tornou-se popular o uso de "emoticons", signos usados para representar emoções, :-) é o "emoticon" usado para representar felicidade e :-( é o "emoticon" usado para representar tristeza.
Indique o tipo de signo que é um "emoticon" e a relação entre o "emoticon" e a emoção que ele representa.
a) índice - causa e efeito.
b) ícone – semelhança.
c) símbolo – arbitrária.
d) ícone - causa e efeito.
e) índice – semelhança.
R:B

 3. Desde os anos 90, o governo brasileiro exige que as embalagens de cigarro apresentem mensagens sobre os males que ele pode causar à saúde. Um exemplo é: "O Ministério da Saúde adverte: crianças que convivem com fumantes têm mais asma, pneumonia, sinusite e alergia".
O uso de linguagem apresentado no exemplo
a) é informativo e contém uma ordem.
b) é performativo e subordina-se à informação veiculada.
c) é informativo e expressa um sentimento.
d) expressa um sentimento e está coordenado a um componente performativo.
e) é predominantemente informativo.
R: E

4.  Em filosofia da linguagem, costuma-se distinguir entre a extensão e a compreensão de um termo ou categoria. Considere, então, as seguintes afirmações:
I - A extensão do termo zebra é o conjunto das zebras.
II - A compreensão do termo zebra é dada pelo conjunto das zebras.
III - A compreensão do termo zebra é fornecida por um conjunto de propriedades, como "animal mamífero, quadrúpede, da família dos equídeos, de crina ereta e pelagem esbranquiçada listrada de negro ou marrom-escuro".
Está(ão) correta(s)
a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas III.
d) apenas I e II.
e) apenas I e III.
R:E

5.  Ser um cidadão implica ter certos direitos e responsabilidades, mas estes variam imensamente de país para país. Por exemplo, os cidadãos de uma democracia liberal têm direitos políticos e liberdades religiosas, ao passo que numa monarquia, numa ditadura militar ou numa teocracia religiosa podem não ter nenhum desses direitos.
         O argumento apresenta o uso da linguagem
a) declarativa
b) expressiva.
c) emotiva.
d) diretiva.
e) informativa.
R: E

6. Por transcender a situação concreta, o fluir contínuo da vida, o mundo criado pela linguagem se apresenta mais estável e sofre mudanças mais lentas que o mundo natural. Pelas palavras podemos transmitir o conhecimento acumulado por uma pessoa ou sociedade. Podemos passar adiante esta construção da razão que se chama cultura.
O texto fala de uma das funções da linguagem, das palavras, identifique esta função, marcando a alternativa que dá nome a ela:
a) A função informativa, que é a de comunicar conhecimentos.
b) A função cultural, que é a de construir a razão.
c) A função diretiva, que é a de direcionar ações.
d) A função expressiva, que suscita emoções nos ouvintes.
e) A função natural, que é de expressar os desejos.
R:A

7. ´´Chamamos senso comum ao conhecimento adquirido por tradição, herdado dos antepassados e ao qual acrescentamos os resultados da experiência vivida na coletividade a que pertencemos..., ....encontra-se misturado a crenças e preconceitos. É um conhecimento ingênuo (não crítico), fragmentário e conservador  resistente a mudanças``.
(Filosofando: Introdução à filosofia. Maria L. A de Almeida e Maria H. P. Martins)
Marque a alternativa que apresenta o uso da linguagem usado no texto.
a) O texto apresenta uma função diretiva.
b) Apresenta função expressiva.
c) Apresenta função idealizadora.
d) Apresenta uma função informativa.
e) Apresenta função apelativa.
R: D

8. Segundo a "doutrina das assinaturas", do alquimista Paracelso, "uma orquídea se assemelhava a um testículo - o que significava que era um remédio para doenças venéreas; as folhas do lilás tinham forma de coração, portanto eram boas para doenças cardíacas; a quelidônea ‘de sangue amarelo’ era o remédio para icterícia".
         Portanto, segundo Paracelso, a relação entre as características físicas de uma planta e a doença a ela associada é de tipo denominado
a) ícone.
b) índice.
c) símbolo.
d) casual.
e) arbitrário.
R:A
 
9. Escritores, como Graciliano Ramos e João Cabral de Melo Neto, com suas narrativas e poemas, são exemplos das formas pelas quais a literatura pode ser um importante meio de crítica social e política. Sob esse ponto de vista, a literatura não é menos ou mais importante do que as ciências, e sim diferente. Pensando nas diferenças entre a literatura e as ciências, em especial nas formas e usos de linguagem que ocorrem em ambas, coloque verdadeira (V) ou falsa (F) nas afirmativas.

( ) Na linguagem científica, é comum encontrarmos o uso de figuras de linguagem, como metáforas, metonímias, etc.
( ) A linguagem científica deve ser sempre passível de alguma forma de validação, verificação, confirmação ou corroboração.
( ) A literatura pode ser um meio de crítica social, pois seus enunciados também são passíveis de comprovação, como
os das ciências.
( ) Os enunciados da ciência contêm usos informativos da linguagem.
Está correta
a) F, V, F, V
b) F, F, F, V
c) V, V, F, V
d) V, F, V, F
e) V, F, V, V
R:A

Fonte: site da UFSM/coperves e banco de dados pessoal.

Nenhum comentário: